Blog do Notre


Colégio Notre Dame Adota Programa de Aprendizagem Socioemocional

Por

Buscando contribuir para o projeto de vida dos alunos, o Programa Semente vai trabalhar competências como autoconhecimento, empatia, autocontrole, resiliência e habilidades sociais.

Ter autocontrole, autoconhecimento, ser capaz de tomar decisões e saber se relacionar são características cada vez mais exigidas no dia a dia, principalmente no âmbito profissional. Quanto mais cedo essas habilidades forem trabalhadas, mais preparadas estarão as futuras gerações.

Com isso, o ensino das habilidades socioemocionais passará a ser obrigatório nas escolas brasileiras a partir de 2020. Atualmente, das 10 competências previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), 4 são explicitamente habilidades socioemocionais.

Atento a isso, o Colégio Notre Dame está adotando, já a partir de 2019, o Programa Semente, iniciativa especialmente desenvolvida para trabalhar os aspectos socioemocionais que vão auxiliar no plano de vida dos alunos do Ensino Fundamental I ao Médio. As atividades serão conduzidas pelos professores da própria escola com o treinamento da equipe do Semente, e as dinâmicas serão feitas durante o período letivo.

Além de material didático, tanto para alunos como para professores, haverá ainda acesso a uma plataforma online, que contém vídeos de apoio ao conteúdo teórico. Os gestores ainda terão à disposição o suporte para acompanhar o desenvolvimento dos alunos.

Os domínios – o Programa Semente estrutura-se em sobre cinco pilares. O primeiro, autoconhecimento, permite que o estudante entenda sua personalidade e perceba qualidades e defeitos para que possa se avaliar e trabalhar a sua autoconfiança. Outro pilar é o autocontrole, no qual o estudante aprende a lidar com suas emoções e evitar impulsividades, imprescindível para tomar decisões corretas e para amadurecer. Já o terceiro domínio, a empatia, é trabalhada para que o aluno saiba se colocar no lugar do outro e ser sensível ao mundo, criando laços afetivos e compreendendo a sociedade. Já o quarto pilar, o das habilidades sociais, permite ao estudante desenvolver sua capacidade de comunicação e cooperação. E, por fim, ao trabalhar todos esses pontos, o aluno terá mais condições de tomar decisões responsáveis, analisando as situações à sua frente de forma sensata para fazer escolhas que beneficiem não só a si mesmo, mas a quem está ao seu redor.

Para Tania Fontolan, diretora-geral do Programa Semente, o investimento do Colégio Notre Dame num programa de aprendizagem socioemocional mostra seu compromisso com o que há de mais inovador e atual na educação. “As linhas pedagógicas do Programa Semente são comprovadas por estudos em diversos países e por isso a adesão das escolas brasileiras se faz tão necessária”, ressalta. “É uma honra para nós a oportunidade de sermos representados na cidade de Campinas pelo Colégio Notre Dame, e temos certeza de que resultados positivos a curto e longo prazos serão bastante percebidos”, completa.

Pesquisa nacional – Neste ano, cerca de 9,6 mil alunos do Programa Semente foram submetidos a uma pesquisa conduzida pela UFRJ, que avaliou o impacto do ensino das habilidades socioemocionais em estudantes brasileiros. O estudo mostrou impactos positivos em todos os domínios avaliados, apontando nos índices gerais de Habilidades Socioemocionais um aumento estatisticamente significativo de 6,7% (média) no aprimoramento dos cinco domínios das competências socioemocionais, chegando a cerca 14% nos domínios de autoconhecimento e autocontrole.

Sobre o Programa Semente

Com uma abordagem moderna e inovadora, o Programa Semente está presente em escolas brasileiras contribuindo para o desenvolvimento socioemocional de alunos e educadores. A partir de um material escrito por educadores, médicos e psicólogos, sua metodologia possibilita que sejam trabalhadas em sala de aula questões como sociabilidade, autoconhecimento, autocontrole, empatia e decisões responsáveis, entre outras habilidades, cada vez mais presentes no mundo do trabalho e nas principais avaliações internacionais de educação, como o PISA. Dessa forma, o Programa Semente contribui para a alfabetização emocional.

Para saber mais sobre o Programa Semente, acesse: www.programasemente.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *